Mitos e verdades na Nutrição Esportiva


Algumas "verdades" que são ditas por aí nem sempre são confirmadas em estudos e na prática clínica do nutricionista. Vou desmistificar alguns deles e desta forma te ajudar a fazer escolhas alimentares para conscientes e sem sofrimento. Preciso suplementar proteína em pó? Preciso suplementar creatina e bcaa? Preciso comer de 3 em 3 horas? Saiba a resposta para essas e muitas outras dúvida nesse post.



Preciso suplementar proteína em pó?


Mito:

O interessante é ter um consumo proteico distribuido durante todo o dia e adequado ao peso corporal da pessoa. As proteínas animais têm uma composição completa de aminoácido, mas as vegetais combinais suprem totamente as necessidades também. Então comer carne, frango, ovo, queijo, feijões, sementes já podem suprir em 90% dos casos a necessidade diária de proteína.


Preciso suplementar creatina e bcaa?


Mito:

Se o consumo proteico diário estiver adequado e se forem utilizadas proteínas de alto valor biológico não há necessidade de suplementação de BCAA. Em relação à creatina, temos nossa produção endógena, em alguns casos, com certeza, ela pode melhorar o desempenho esportivo, a recuperação e o ganho de massa magra, porém é possível ter bons resultados sem o uso da mesma.


Preciso comer de 3 em 3 horas?


Mito:

Precisamos manter o consumo calórico, de carboidrato, proteína e gordura ideal para o peso e para os objetivos, com refeições ditribuidas durante o dia todo, não necessitando comer em intervalos rígidos, porém é interessante ter uma rotina alimentar, pois o corpo se antecipa na produção das enzimas da digestão antes mesmo do alimento ser ingerido.


Preciso comer muito antes e depois do treino?


Mito:

Novamente o ajuste diário da alimentação é o mais importante. O glicogênio muscular, que é a energia que o músculo usa no treino, demora de 4 a 6 horas após a alimentação para ser formado, não adianta comer muito perto do treino. O pré-treino ajuda com a glicose circulante na corrente sanguínea, mas não precisa de excesso de consumo. O pós-treino, na verdade, são as várias refeições que serão feitas e não apenas a imediatamente após a atividade física.


A dieta precisa ser rica em carboidratos?


Verdade:

Se o objetivo for ganho de massa magra, o carboidrato será muito importante, pois levará mais energia para treinos intensos e preservará a proteína para construção muscular. Em treinos de endurance o carboidrato vai ajudar muito na performance.


Preciso suplementar carboidrato após o treino para ganhar massa muscular?


Mito:

Nem sempre é necessário, algumas proteínas tem o potencial de causar aumento na insulina e consequentemente aumentar o processo de hipertrofia muscular. Mas lembrando que o ajuste de carboidrato durante o dia é necessário.


Quanto mais proteína eu comer, mais músculo em ganho?


Mito: O corpo precisa de fonte energética, que prioritariamente será de carboidrato ou gordura, mas se faltar um desses ele fará uma transformação na proteína e a utilizará como energia, não sendo, desta forma, usada para ganho de músculo. Proteína em excesso pode sobrecarregar os rins.


Vou engordar por comer carboidrato a noite?


Mito: Tudo vai depender da sua rotina diária, da sua estratégia nutricional. Se você treina a noite é interessante repor o carbo, ao contrário, pode também comer uma quantidade controlada de carboidrato sem prejuizo para o controle do peso.


Só batata doce é boa como carboidrato?


Mito: Carbo é carbo, o que muda é o que vem com ele, como fibras, vitaminas e minerais, sendo que a batata doce é rica nesses compostos, porém temos composições excelentes também em outros tubérculos como batata baroa, batata inglesa, mandioca e em cereais como arroz integral, quinoa, milho.


Ainda tem alguma dúvida sobre a Nutrição Esportiva? Quer ajuda para chegar nos seus resultados? Agende sua consulta comigo! Presencial (Brasília - Asa Sul) ou Online.



Por: Luciana Borges CRN: 12912⁣⁣⁣⁣⁣⁣


8 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo